Quer financiar um imóvel? A melhor hora é agora.

No ano passado, mesmo durante a pandemia, o mercado imobiliário mostrou sinais de recuperação depois do período de estagnação entre 2017 a 2019. Além disso, o país atingiu valores históricos: a Selic foi de 14,25% ao ano em 2015 para 2% a.a. em 2020.

No último dia 17, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) voltou a subir a taxa para 2,75% a.a. – número ainda histórico -, e, mesmo com a subida da taxa Selic, especialistas do mercado afirmam: ainda dá tempo de aproveitar boas taxas de juros e realizar o sonho do investimento imobiliário.

Isso porque, apesar das apostas de analistas em uma Selic perto de 5,5% no fim do ano, de acordo com profissionais ouvidos pelo site Valor Investe, a alta não é um sinal de encarecimento imediato do crédito imobiliário.

Para Filipe Pontual, diretor executivo da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), é importante olhar para as taxas de médio e longo prazo, de cinco e dez anos, que estão justamente em queda, principalmente depois do aumento da Selic.

“Do ponto de vista histórico, estamos num momento favorável ao financiamento imobiliário. Daqui a alguns meses, mesmo que suba um pouco a taxa, vai continuar favorável”, pontua o diretor da Abecip.

Paulo Chebat, presidente da Melhortaxa no Brasil, confirma: “Os bancos não repassam toda a variação da taxa Selic para o crédito imobiliário e, no momento concorrencial em que estamos, quem subir juros irá perder mercado. Portanto, acredito que não veremos alta neste ano”.

Devido à reação do mercado imobiliário às taxas baixas, e o preço dos imóveis em ascensão, o acirramento da concorrência para conseguir os contratos de créditos imobiliários tem sido cada vez maior, o que leva Chebat a não descartar mais uma rodada de queda de taxas de financiamento.

Portanto, enquanto os números ainda registram níveis históricos, o momento se torna ideal para realizar o sonho do investimento imobiliário.

Corra que ainda dá tempo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *